Cotidiano

O Estresse e sua Relação com a Hemodiálise: Você Sabia?

O estresse consiste em uma reação adaptativa do corpo humano, quando este é colocado diante de determinada situação considerada estressora. Há um limiar deste que o torna benéfico, entretanto, se ultrapassado, haverá um rompimento do equilíbrio do organismo (homeostase) e consequentemente haverão diversas consequências nocivas ao corpo.

Submeter-se a determinada situação estressora por um longo período de tempo, como é a hemodiálise para muitos pacientes por exemplo, pode desencadear no organismo uma inabilidade de adaptar-se a tal situação, provocando o já mencionado desequilíbrio do funcionamento corporal.

Os pacientes ingressantes em tratamento hemodialítico vivenciam diversas novas questões físicas e psicológicas que interferem no humor e na qualidade de vida. Além de restrições alimentares, as quais afetam diretamente nos hábitos de vida.

Deste modo, a renovação dos padrões de comportamento é essencial, a partir da disponibilidade em seguir as prescrições da equipe multiprofissional (medicina, enfermagem, nutrição, psicologia).

Além disso, uma valiosa dica é a prática regular de exercícios físicos, pois auxiliam na qualidade de vida, longevidade e contribuem para o equilíbrio do funcionamento corporal. Ressalta-se que uma caminhada de meia hora durante todos os dias já é considerada benéfica.

**Consulte seu médico para saber quais atividades físicas você pode desempenhar.

Estresse e HD 2

Referências:

Valle, L. S; Souza, V. F & Ribeiro, A. M. Estresse e ansiedade em pacientes renais crônicos submetidos à hemodiálise. Estudos de Psicologia I Campina, 2013.

Portal de diálise. Atividade física melhora qualidade de vida dos doentes renais, 2017. Disponível em: <. https://www.portaldadialise.com/articles/actividade-fisica-melhora-qualidade-de-vida-dos-doentes-renais> Acess in: 26.06.2017

 

Leave a Reply

Theme by Anders Norén